Arquivo do mês: janeiro 2011

Das negações

nunca vou ser musa mais musa do que as suas musas; – usadas, mal afamadas; mancas, caolhas, caretas – não vou lutar contra os seus fantasmas eles são maiores que eu são desgraçados e assombram sem graça se desesperam e … Continuar lendo

Publicado em SÉRIE | Deixe um comentário

Coletivos

Por Juliana Hollanda, Justo D ‘ Ávila e Beatriz Provasi parece que tem mais algodão na atmosfera e a profundidade está mais aparente do que seja fundo as telhas no chão as luzes no chão janelas abaixo dos pés é … Continuar lendo

Publicado em SÉRIE | Deixe um comentário

um respirar fundo, fôlego e (sobre)vida (XXIII)

há ainda algum mistério mal resolvido no teu cheiro que me rompe as narinas, na tua pele que me gruda como velcro, num ventar distante de teus pêlos tão finos a me roçar o ventre, ombros, braços, coração … tua … Continuar lendo

Publicado em Ju & Juju, SÉRIE | Deixe um comentário

um respirar fundo, fôlego e (sobre)vida (XXII)

  entre um trago e um uivo; cadê você que não me vê? daqui; só vejo o Cristo, casas antigas e algum arranhacéu carros que passam subindo perdidos ou nem tanto assim…   eu sei onde você está e conto … Continuar lendo

Publicado em Ju & Juju, SÉRIE | Deixe um comentário

um respirar fundo, fôlego e (sobre)vida (XXI)

  dependendo da trilha sonora; cada visão é uma visão   um final feliz; só é feliz quando a música perfeita; paira no ar   seja ela a nona de Bethoven, a décima quarta de Bach, o tema de Lara … Continuar lendo

Publicado em Ju & Juju, SÉRIE | 1 Comentário

Das ilusões

a espera pelo gosto da chuva e a tarde que se vai e vira noite – inesperada –   surpreende em vários cheiros, cores e um certo brilho   reflexo de relâmpago – espelho –   o transparente secreto de … Continuar lendo

Publicado em Ju & Juju, SÉRIE | Deixe um comentário

Para Tavinho Paes   Mano, tu é gênio e não sabia, ou os que te (ar)rudeiam que não sabem?   ser um gênio compreendido é fácil difícil é ser maldito bem amado e perdido no espaço   “prendido” na gaiola … Continuar lendo

Publicado em emoção, homenagem, poesia, SÉRIE | Deixe um comentário