Arquivo do mês: maio 2011

Sobre descobertas e calafrios (I)

Para Justo D ‘Ávila ( no nosso aniversário de namoro – 9 meses) Há nove meses eu descobri que tenho um coração. E ele é vermelho e bate forte. É tão lindo o meu coração… Descobri também que é possível … Continuar lendo

Publicado em Ju & Juju, SÉRIE | Deixe um comentário

Paraíso Particular (III)

escorro pela cadeira os olhos fecham-se lentamente e abstraio da tela do computador suas letras, milhares de informações cores berrantes, fotografias meus olhos lentamente fecham-se esqueço dos óculos e limpo a mente como se meditasse calmaria dá impressão de estar … Continuar lendo

Publicado em Ju & Juju, SÉRIE | 1 Comentário

Paraíso Particular (II)

confesso que fumei um cigarro escondido na janela da cozinha enquanto você dormia. desrespeitando sua alergia; minha alegria. a noite toda segurei este momento – não que eu quisesse que você fosse dormir…  – ao contrário, –  eu esperei pelo … Continuar lendo

Publicado em Ju & Juju, SÉRIE | 1 Comentário

Dois acordes, uma só canção (VI)

autorretrato sem caricatura sem espelho balões de gás à espreita à espera de um vento dem desejo de voar subir montanhas sem bússola navegar sem leme sossego aconchego -rede na varanda – meu olhar espera pelo seu como pássaros recém-nascidos … Continuar lendo

Publicado em Ju & Juju, SÉRIE | Deixe um comentário

Sobre amizades novas; antigas (I)

Para André V. Pessoa (em 19.05.11 – Dia do aniversário!) à olho nu, te enxergar é difícil necessária uma luneta para observar tuas estrelas mais ocultas; novo amigo chegaste com calma, calor e sem desespero com amizade, saúde, sorte, saudade … Continuar lendo

Publicado em homenagem, SÉRIE | Deixe um comentário

das coisas da alma (I)

a margem de um poema é a cena ou falta dela imagens de um rio onde flutuam lírios, rosas ou absurdos desconhecer portais abrir novas janelas deixar o vento entrar para esvoaçar cabelos trazer cheiro de paz ou espalhar poeira … Continuar lendo

Publicado em SÉRIE | Deixe um comentário

Paraíso Particular (I)

Quanto mais eu penso que te amo, mais eu te amo efetivamente. Mais dentes, mais unhas, mais força, mais destreza. Menos estabanada (mesmo sem saber atravessar a rua direito). Meu medo de ultrapassar os carros e ser pega por um. … Continuar lendo

Publicado em Ju & Juju, SÉRIE | Deixe um comentário