Arquivo do mês: julho 2010

sobre sonho e bichinhos de pelúcia (I)

sou a menina sozinha no quarto escuro tenho medo de encostar os pés no chão e ter a perna puxada pelo monstro escondido embaixo da cama não tenho calma e o meu nervoso me faz gritar alto alto assim, de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

almofadas descalças (III)

Da série: nada pode ser tão azul quanto o fundo dos teus olhos achei que nunca mais fosse sentir borboletas voando no estômago, mas… elas, depois de um abraço inesperado e certo olhar azul, voaram voaram porque o meu coração … Continuar lendo

Publicado em SÉRIE | Deixe um comentário

eu escrevo para esquecer. “esquecer é uma função da memória tão importante quanto recordar”, creio ter ouvido de algum bêbado num mafuá ou boteco qualquer, não lembro. Na ocasião havia o tempo de me apegar às lembranças a ponto de … Continuar lendo

Publicado em Convidados (as) | Deixe um comentário

apenas sobre o nada, o tédio ou o amor (II)

inquieta escalo paredes sonho com casarões enormes pessoas que já se foram estantes de livro multicoloridas cartas mal escritas fotografias em chamas roupas puídas sexo e correria acordo com o despertador que grita um funk desesperado o coração acelera olho … Continuar lendo

Publicado em SÉRIE | Deixe um comentário

out of the box (III)

Meu namorado não é um cara muito falante, aliás, nenhum pouco falante ele é. Se bem que ás vezes ele fica um pouco mais falante que o normal, mas só quando toma algumas cervejinhas. Ele ri pouco e não gosta … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

apenas sobre o nada, o tédio ou o amor (I)

essa sensação esquisita entre o estar e o não estar sobre o ser  e o que ser? sobre o que está acerca e dentro do peito de todas as incertezas, a única que me é certa é o amor o … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

in the box (IX)

essa mania de querer estar calada quando não devo me calar. na controvérsia deste verso é melhor deixar para lá. deixar ficar escancarada tal qual a porta destrancada é um novo jeito de viver você, vida. essa louca vida cena … Continuar lendo

Publicado em SÉRIE | 1 Comentário